Estou Totalmente má interpretação Minha Data de Sinais?

Às vezes você vai em uma incrível primeira data e todos os “sinais” que parecem apontar para um segundo. E em seguida, ele desaparece na terra dos caras-do-grande-primeiro-datas-passado, para nunca mais ser visto novamente. Ou o que sobre aqueles momentos em que você flertar sem parar com um dos seus fornecedores no trabalho—e ele dá o sinal de que ele está interessado também—só para falar de sua esposa (WTF?!) a próxima semana.

Muitas vezes eu me encontro procurando “sinais” nas datas (ou vamos ser real: o tempo todo) que eles estão interessados. Ele coloca sua mão sobre a minha volta, ele casualmente menciona ver-me novamente, acabamos a gostar do mesmo tipo de queijo ao pedir o prato, o que for. Mas mais frequentemente do que não, quando se trata de leitura de sinais…eu gosto de chupar.

Tal foi o caso com o Matt.

Tinha sido uma longa semana, e tudo o que eu queria (o que eu realmente queria) foi assistir o recém-adicionado Spice World no Netflix, enterrar-me na viagem, e aconchegar o meu filhote. Mas eu já tinha acordado para ir em uma data de Estopa com essa cara de Matt. Minha colega de quarto de Christina insistiu para que eu vá e me garantiu que se fosse um busto, ela foi a um sem-capa-carga concerto de apenas us $5 minutos de táxi. E assim, eu não cancelar sobre Matt, e, em vez disso, coloquei o meu rabo todo o caminho para o Brooklyn e esperou na barra.

Ele estava a três minutos do final, e eu tinha terminado a minha água no momento em que ele chegou. Eu imediatamente notou um sorriso bonito e devolveu o gesto, só para ver ele se virar e começar a caminhar de volta para o pátio exterior, como eu rapidamente se esforçou para recolher a minha bolsa e o casaco, e segui-lo. Eu acho que ele murmurou, “É muito bom aqui, vamos,” mas a sua volta já foi transformado de modo que era difícil dizer. Eu tropecei em meus calcanhares atrás dele, me perguntando se eu deveria ter usado mais o batom ou algo assim. Ele mal olhou para mim antes de ir embora.

Nós nos sentamos em um estande no canto, o gimicky luzes brancas brilhando contra Matt cara como ele tropeçou em suas palavras, a olhar em torno do estabelecimento e batucando os dedos na mesa. Ele deve estar chateado, eu pensei, se perguntando onde diabos nossa garçonete foi. Mais cinco minutos se passaram, e eu tivesse revelado, eu era um escritor (eh, não mencionou esta coluna), e ele fez um mesquinhas comentário sobre como é agradável que alguém está realmente fazendo o que eles vieram a Nova York para fazer. Eu tentei perguntar sobre a sua vida e ele falou em muitos círculos que eu perdi a noção do que aconteceu pós-Exército e pré-Chicago. Pelo tempo de 15 minutos tinham se passado, e eu finalmente tive que perguntar: você acha que eles vão vir buscar a nossa ordem ou devo ir até o bar?

Ele pegou-o desprevenido, mas ele lentamente levantou-se, rachar uma piada sobre ser meu servidor para a noite como ele andou dentro e voltou com nossas bebidas. Ele nos levou tanto tempo para concluir os nossos óculos, e a conversa continuou formal e estranho. Eu senti como se estivesse a empurrar-me para fazer fluir, sem rumo, enquanto ele resmungou quando a oportunidade se apresentou. Mesmo tão atraente como ele era, eu apenas não era para ele.

Ou realmente, eu só não acho que ele estava em mim. Ele não deu qualquer sinal de que ele ainda se importava, eu estava lá, eu poderia ter sido qualquer Tinderella.

Fechou o guia e agradeci-lhe, em seguida, eu mencionei que eu estava indo para um concerto, para satisfazer o meu companheiro de quarto. Ele perguntou e eu dei detalhes, e para minha grande surpresa, ele perguntou, “Seria estranho se eu fui, também?” Minha cabeça estava gritando para fugir tão rápido que eu não teria que aguentar mais uma hora de estranho medicamentosas, mas meu coração me senti pena do cara que ele não tinha outros planos em uma noite de sexta-feira. E então, ele entrou em um táxi. Ele não abrir a porta para mim, não coloque a sua mão no meu joelho enquanto estávamos andando, não me diga que eu parecia agradável (mesmo que eu estava rockin’ minha nova ponte azul), ele nem sequer olha-me nos olhos.

Na verdade, a cabine lá, ele mal falou comigo e eu atormentado o meu cérebro para tentar sair desta situação. Com carimbado pulsos, vamos para o bar onde eu insistia em pegar uma rodada de bebidas (ele não protesto) e ficamos lá. Yep. Ficamos lá. Em um show. Eu vi o meu companheiro de quarto e seus amigos a dançar e beber suas cervejas, enquanto eu tentava sorrir de vez em quando no meu, hum, data? Ugh. Uma hora mais tarde, eu disse a Matt estávamos deixando a cabeça para o jantar (a verdade), que tínhamos reservas (mentira, nós estávamos indo para obter bratwursts) e que eu esperava que eu gostaria de ouvir dele (tipo de uma mentira?).

A coisa era, como eu deixei e ele deu um tapinha no meu ombro, do mesmo modo meu de matemática da escola secundária professor teria, eu não acho que ele sentiu uma conexão. Na verdade, considerando que ele mal me olhou a noite inteira, não me toque um pouco e não manter qualquer tipo de comunicação, cheguei à conclusão de que ele foi elevado a data inteira ou bem, não atraiu para mim, e assim eu senti o mesmo em troca.

Então você pode imaginar como eu estava chocado na manhã seguinte, enquanto caminhava do meu filhote com Christina para ver esta mensagem de texto aparecem: Hey, se divertiram na noite passada! Vamos fazê-lo novamente em breve. Mostrei para ela e ela ficou surpresa, considerando que ele fez zero o esforço para falar com ela ou qualquer outra pessoa. Eu texted alguns dos meus amigos a história (e, ok, a minha mãe), e a maioria deles me disse que eu estava sendo muito exigente e que ele provavelmente estava apenas nervoso. Todos eles tentaram me convencer a dar outra chance, que ele poderia ter sido primeiro-data de nervosismo, e que talvez, eu estava um pouco duro demais homens. (Eu posso ser, às vezes, admito-o.)

Enquanto eu amo minhas senhoras, eu estava curioso para obter um cara perspectiva. Então usei meu amigo (e um cara que eu saí com alguns momentos) de Jeremy conselhos para ver se eu estava completamente má interpretação de sinais. Eu expliquei que a falta de afeto (que tantos caras são um pouco bom demais) e como isso durou um longo tempo, mas não de forma cativante. Aqui está o que ele tinha a dizer:

“Quando se trata de não ser afetuoso, eu posso definitivamente dizer que eu posso ser culpado por isso, se eu ou realmente gosta de uma garota ou simplesmente não estou interessado nela, então eu não acho que é um bom indicador. Obviamente, se eu não estou interessado em tudo, eu não vou ser carinhoso, mas um monte de vezes quando eu sinto como se eu realmente gosto dela, e já sabe eu quero vê-la novamente, eu tendem a ser mais nervoso sobre a ficar ferido ou abatido. Eu também não precisa ter pressa, porque eu vou vê-la novamente, espero.”

Assim, de acordo com o homem lógica, se um cara não está agindo em você, ele está ou não em você ou ele está realmente a fim de você. Isso é útil, certo? Graças Jer!

Mas mesmo que Matt estava realmente interessado em mim, depois de toda uma data passou me convencer de que ele não estava e que não havia qualquer tipo de química sexual, a sua mensagem de texto senti um dia de atraso e com um dólar a menos. Ele era bom o bastante cara, e talvez eu deveria dar mais agradável gajos uma chance, mas eu também acho que há algo para uma primeira data em que apenas zings. Quando a conexão está lá, a brincadeira está vivo e que você realmente ansiosos para vê-los novamente, em vez de usar a comida alemã como uma desculpa para ficar longe deles, stat.

Se qualquer coisa, o meu encontro com Matt me fez lembrar que quando se trata de sinais, é difícil realmente dizer o que alguém está pensando. E as coisas que pode parecer bom ou ruim indicadores poderia ser o oposto. Assim a leitura em sinais ou tentando descobrir alguém intenções é assim, um desperdício de seu tempo. Eles vão torná-las claras (e você também deve), mas se você não estiver sentindo, não há razão para forçá-lo. Se você sentir vontade de ir em uma segunda data, em seguida, fazer. Se você não sabe, encontrar um novo jogo em Estopa, e peça a eles que a noite em vez disso. Porque, realmente, o melhor sinal de todos é o seu intestino. E em resposta a esse texto, meu intestino me disse para deixá-lo saber que eu vi nos mais como amigos. A sua resposta? Legal.

Sim, é legal, só não foi o que eu não estou olhando para a direita agora. O que eu realmente quero é alguém que torna seus sinais muito claro a partir do get-go. Quero dizer, não todos nós precisamos de um homem, não um menino que acha que pode? (Oh, venha, senhoras—é um Spice World referência!)

Lindsay Tigar é um de 26 anos, o único escritor, editor e blogueiro que vive em Nova York. Ela começou sua populares namoro blog Confissões de um Viciado em Amor depois de muitos terrível datas, com altura, emocionalmente indisponível homens (sua fraqueza pessoal) e está agora a desenvolver um livro sobre o assunto, representado por James Fitzgerald Agência. Você pode encontrar a sua execução ao longo do East River, bebendo champanhe com seu cão, Lucy (não julgar), e, constantemente, twittar e instagramming. Além Dater Diário, Lindsay também escreve para AskMen.com, eHarmony, a Forma, o Envolvimento 101 e mais. Envie um e-mail em lindsay@loveaddictnyc.com.

Leave a Reply